abissinio-gatobras

Raça

SIAMÊS

• Outros nomes

Meezer e Siamese Cat

bandeira-eua.png

• Origem

Tailândia

faixa.png

• Tamanho

Pequeno a médio porte

• Peso adulto

(peso aproximado para mais ou menos)

2,5 a 3,5 kg

Fêmea -

Macho -

3,5 a 5,5 kg

faixa.png

• Personalidade

Os gatos siameses são amigáveis ​​e brincalhões, com a capacidade de se dar bem com quase todos, desde que sejam devidamente socializados. A raça é altamente inteligente, bem como se dá bem com outros animais, desde que sejam acostumados com eles.

faixa.png

RESUMO HISTÓRICO

Os primeiros gatos que deram origem aos siameses, originalmente eram criados no reino do Sião, que hoje conhecemos como Tailândia. Eles eram considerados sagrados e apenas membros da realeza e monges budistas tinham permissão para mantê-los.

Esses gatos com aparência dos siameses foram descritos nos antigos manuscritos de Tamra Maew, também conhecidos como The Cat-Book Poems, durante o Reino de Ayutthaya entre 1351 e 1767 d.C.

Em 1800, os europeus começaram a visitar Sião. Muitos turistas ficavam impressionados com esses felinos nativos. A partir daí, membros da família real siamesa (Sião), começaram a presentear estrangeiros importantes com exemplares desses felinos, fazendo com que eles chegassem na Europa.

Em 1884, o consulado geral britânico Edward Blencowe Gould trouxe um casal reprodutor de gatos siameses para sua irmã, Lilian Jane Gould.

Quando os dignitários europeus começaram a visitar o Sião em 1800, muitas vezes ficaram impressionados com os gatos e, como gesto de boa vontade, membros da família real siamesa começaram a oferecer gatos siameses como presentes. Esses gatos chegaram à Europa com suas novas famílias, ganhando popularidade rapidamente por sua aparência requintada e personalidades únicas.

Em 1878, o cônsul americano de Bangkok deu um gato siamês ao presidente dos EUA, Rutherford B. Hayes, e nas décadas de 1950 e 1960, os siameses tornaram-se popular em todo o mundo, sendo reconhecidos para exposições da The International Cat Association (TICA), a partir de 1979.

faixa.png

PADRÃO

. Corpo: O corpo do Siamês é longo e esguio. Ele tem forma tubular, bem como aparência graciosa e atlética.

. Cabeça: A cabeça do Siamês é longa, em forma de cunha e sem quebra nos bigodes. Nota os machos podem apresentar papada.

. Pescoço: O pescoço é longo e fino.

Orelhas: As orelhas dos siameses são grandes e profundas. Elas possuem bases largas e pontas arredondadas.

. Pelagem: A pelagem do Siamês é curta e fica rente ao corpo. Ela possui traços finos, macios e aparência brilhante.

. Cor da Pelagem: O corpo pode ter cor fawn, ivory ou pale cream, e as pontas da máscara, orelhas, cauda, ​​pernas e pés devem ser claramente definidas, nas cores seal, chocolate, blue, ou lilac.

. Olhos: Os olhos tem formato amendoado e com ligeira inclinação.

. Cor dos olhos: Todos os gatos siameses têm olhos azuis. Nota: cores mais ricas e profundas são as preferidas.

. Pernas: As pernas são finas e longas. Nota: pernas traseiras mais longas do que as dianteiras.

. Patas: As patas dos siameses são ovais e com aparência delicada.

. Cauda: A cauda de um Siamês é longa e fina. Nota: a cauda deve afunilar até um ponto fino.

faixa.png

OUTRAS INFORMAÇÕES

faixa.png

. Os olhos azuis encantadores contribuem para a aparência deslumbrante da raça Siamês.

. O músico Bob Dylan mencionou um gato siamês em seu clássico de 1965 “Like a Rolling Stone”.

. O gato mais idoso do mundo foi um Siamês que se chamou Scooter. Ele faleceu aos 30 anos de idade.

. A partir de 1979, a raça Siamês foi aceita para exposições TICA.

GATOBRAS