© 2016 todos os direitos reservados

GATOBRAS - www.gatobras.com.br

Para executar qualquer serviço na GATOBRAS é necessário que se tenha maior idade. Os valores podem ser verificados no menu PREÇOS ou consulte um CATCLUBE.

CNPJ: 07.744.334/0001-19

Raça: MANX

História da raça

 

Também conhecido como "Gato da Ilha de Man", sua origem é ainda objeto de muita especulação. Acredita-se que o Manx teve sua origem por volta de 1580, quando um navio de carga, que levava à bordo alguns gatos sem cauda, os quais combatiam os ratos no porão e armazém, naufragou na Irlanda, perto da Ilha de Man. Isolados nesta ilha, os gatos sobreviventes foram selecionados naturalmente, através de cruzamentos entre si. Dessa forma, o Manx acabou passando hereditariamente a ausência de cauda. Os habitantes dessa ilha são tão orgulhosos do Manx, que chegaram a cunhar sua efígie na moeda local.

Curiosidade: Os Manx são tradicionalmente gatos de longa vida e mostram poucos sinais de envelhecimento.

Adaptação: Adapta-se bem a apartamento, entretando o melhor é que disponha de espaço para exercitar-se a fim de evitar o sobrepeso.

Cuidados: O Manx deve ser escovado com bastante freqüência, porém de forma bem leve. Além da escovação, o dono deve estar atento ao peso do animal, pois está raça tem tendência à obesidade. Para tanto, o dono deve sempre estimular seu gato a fazer exercícios. Além disso, uma alimentação adequada fará com que seu gato cresça saudável e com uma pelagem lisa e brilhante. O dono deve estar atento e realizar consultas regulares ao médico veterinário.

Caráter: Inteligente, dócil, alegre, brincalhão, ativo e bom caçador.

PADRÕES

​Cauda: Apesar de serem conhecidos por não terem cauda, a ausência de cauda não é uma característica da raça. Alguns possuem cauda tão longa quanto qualquer gato de outra raça, sendo chamados de "cauda longa".
Também existem os tipo "cauda-curta", onde se pode perceber vestígios de cauda bem pequena. Mas o tipo ideal de Manx é o anuro, sem qualquer vestígio de cauda. Seu andar é saltitante devido a forma arqueada do seu dorso, uma mal formação da espinha.

Curiosidade: Os Manx são tradicionalmente gatos de longa vida e mostram poucos sinais de envelhecimento.

 

Cabeça: Bom tamanho, larga, redonda, com bochechas bem desenvolvidas, nariz longo, orelhas ligeiramente pontiagudas e separadas, pescoço curto e forte.

Olhos: Grandes, redondos e brilhantes; qualquer cor é admitida desde que harmonize com a cor do manto.

Corpo: Musculoso, com lombo arredondado e dorso curto.

A altura das extremidades posteriores é maior do que a das anteriores. Juntamente com o Cymric é a única raça felina que carece de cauda, isto compromete em certa medida o equilíbrio do animal.

Pelagem: Pêlo pode ser curto ou longo e a cor variar muito.
Nos animais de pêlo curto, apresenta-se um manto duplo e muito espesso, que pode ser mais fino durante o verão. Quando tocamos um Manx, seu pêlo tem uma textura muito parecida com a do algodão. Seus pêlos protetores são um pouco mais compridos do que os outros.

Manx de pêlos longos têm um manto duplo, de comprimento médio, denso, com comprimento variado dos ombros em direção à garupa. O pêlo do pescoço do abdómen e das pernas (apenas até o meio) pode ser mais longo do que o do resto do corpo. Geralmente apresentam tufos de pêlo nas orelhas e nos pés. Os Manx de pêlo longo também podem sofrer variações no manto de acordo às estações do ano.

Cores: Estão admitidas todas.