top of page
  • Por Eduardo Freire - Jornalista e médico veterinário

Acolhendo e protegendo: Como cuidar de um gatinho rejeitado pela mãe!


Filhote de gato rejeitado pela mãe!
Acolhendo e protegendo: Como cuidar de um gatinho rejeitado pela mãe!

Aprender a cuidar de um gato recém-nascido abandonado é uma tarefa desafiadora, especialmente quando ele está sem os cuidados maternos. Na realidade, não é fácil saber como agir quando a mãe rejeita um ou mais filhotes de gatos, mas já parou para se questionar sobre as razões disso? Pode parecer negligência, mas existem várias explicações para esse comportamento da gata, e é isso que a GATOBRAS explora a seguir.


O que fazer quando a mãe rejeita os filhotes gatos?


Antes de abordar como cuidar de um gatinho rejeitado pela mãe, é importante entender o que leva algumas fêmeas a rejeitarem os filhotes após o nascimento. Primeiramente, é importante enfatizar que as gatas prenhas não tomam ações "pensadas", mas sim agem por instinto. O abandono pode estar relacionado a:


. Ausência de instinto maternal:

. Tamanho da ninhada;

. Saúde dos filhotes;

. Saúde da mãe;

. Estresse.


A ausência de instinto maternal ocorre quando a gata não possui a habilidade completa para cuidar dos filhotes, simplesmente porque não sabe como fazer isso. Isso também pode ocorrer quando a ninhada é muito grande, e a gata não consegue dar conta de todos os filhotes, priorizando alguns em detrimento de outros.


A saúde dos próprios filhotes, assim como a da mãe, pode levar à rejeição dos filhotes pela gata. Se a mãe estiver doente, ela pode se afastar para não contaminar nenhum dos recém-nascidos. Se um dos filhotes nascer doente, ela pode afastá-lo do restante da ninhada saudável para evitar a contaminação de outros - consequentemente, o gato acaba sendo "abandonado".


Adicionalmente, uma gata estressada também pode abandonar os filhotes, semelhante à depressão pós-parto. Em qualquer caso, cabe aos humanos direcionar os cuidados ao gatinho que está sem a mãe, como alimentar um filhote de gato recém-nascido abandonado e saber qual tipo de leite oferecer a ele.


Aqui estão 5 dicas de como cuidar de um gato recém-nascido rejeitado pela mãe:


1. Alimentação de um filhote de gato recém-nascido abandonado: nos primeiros 30 dias de vida, a alimentação do filhote deve consistir exclusivamente de leite materno. No caso de abandono, a forma de alimentar um filhote de gato rejeitado pela mãe é por meio de leites artificiais, que possuem uma fórmula semelhante ao leite materno. É importante destacar que gatos não devem consumir leite de vaca ou derivados, pois isso pode ser prejudicial para eles.


2. Manter o filhote de gato aquecido nas primeiras semanas: além de alimentar o gato recém-nascido, é importante mantê-lo aquecido nos primeiros dias. Normalmente, seria responsabilidade da mãe e dos irmãos gatinhos aquecê-lo, mas você pode utilizar cobertores, mantas e uma toca de gato para ajudar nesse propósito.


3. Ensinar o gatinho filhote a usar a caixinha de areia: os filhotes ainda não possuem controle total das suas necessidades e não sabem como utilizar a caixa de areia. Uma dica é estimular o animal a fazer xixi e cocô esfregando suavemente uma toalha úmida sob o seu rabinho logo após as refeições. Nesse momento, direcione-o para a caixinha de areia.


4. Realizar a higiene do filhote de gato recém-nascido: embora o banho em gatos não seja recomendado, os filhotes ainda não possuem a capacidade completa de se limpar. Se houver necessidade, você pode auxiliar a limpeza com o uso de lenços umedecidos, que são adequados para a higiene dos felinos nas primeiras semanas de vida.


Outros cuidados importantes: além de tudo o que foi mencionado, é importante providenciar acessórios básicos para o gatinho recém-nascido abandonado. Isso inclui comedouro, bebedouro, caminha, brinquedos, arranhadores, escova para pelos, escova dental, coleira e tela de proteção.


Lembre-se de que cuidar de um gato recém-nascido abandonado requer muita atenção e dedicação. Se tiver dúvidas ou preocupações, é sempre recomendado buscar orientação veterinária para garantir o bem-estar do filhote.

8.339 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page